Apostas ao vivo na NBA; estratégias e segredos para vencer. Parte 2

Bookmaker Ratings

Conteúdo

Na segunda parte do artigo “Apostas ao vivo na NBA; estratégias e segredos para vencer. Parte 2” vamos descobrir o porquê de as equipas perderem propositadamente os seus jogos, de que forma é que o calendário dos jogos afeta as odds e em quais partidas se deve prestar muita atenção à arbitragem. Leia aqui a primeira parte do artigo, onde saberá por que razão é que os lucros reais na NBA são nas apostas ao vivo, assim como também aprenderá a distinguir a diferença de potencial entre as 2 conferências (Oeste e Este) e vir a conhecer algumas estratégias das apostas da NBA.

Na NBA, não existem despromoções para a “segunda divisão”. Todos os anos, as mesmas equipas de sempre tentam ganhar o troféu principal. A única diferença é que os piores classificados têm a oportunidade de fortalecer a sua equipa com os melhores jogadores jovens do planeta. Que resultados pode conseguir uma equipa que tem menos de 40% de vitórias após 2/3 do campeonato? Talvez  a única coisa que possa  conseguir é uma posição inferior, o que dá mais possibilidades  de entrar nas escolhas do primeiro draft. E aí vem a coisa mais terrível que pode acontecer no mundo desportivo do ponto de vista de um adepto e algo entusiasmante do ponto de vista de um apostador – partidas perdidas propositadamente.

Todos os anos, independentemente da “força” do draft, as equipas com menos de 40% de vitórias começam a procurar o pior resultado no 1/3 final do campeonato. É preciso encontrar essa equipa e apostar no adversário da mesma,   principalmente quando a equipa joga em casa ou quando perdeu na partida anterior nos últimos segundos. Até mesmo se a equipa ganhou, tendo o diretor  geral ficado furioso, proferindo a frase : “O que estão a fazer? Como vamos conseguir o novo LeBron/Durant se estão a ganhar?!” Tal acontecimento dá cerca de 60% de vitórias e um rendimento 12% superior. Quando terminar a primeira metade do campeonato, e os líderes das equipas da primeira metade da tabela já tiverem trocado para os clubes favoritos, pode-se começar a notar a luta pelos últimos lugares. Geralmente, são equipas que têm menos de 40% de vitórias no campeonato e que também têm um papel ativo na luta pelas futuras estrelas da NBA, como por exemplo o Jahlil Okafor, o Karl-Anthony Towns Jr e o Stanley Johnson. Essas equipas podem ser os  “Boston”, “Detroit”,  “Indiana”, “Denver”, “Utah”, “Sacramento”, “Orlando”, “Minnesota”, etc.

Decorre o fim de semana de “All-Stars”, a nossa sequência de resultados corresponde a 20-30, e acabámos de trocar dois dos nossos melhores jogadores. Qual é o próximo passo?

Apostar ao vivo nessas equipas é bastante simples, visto que estão prontas para perder com uma grande margem, contudo, não de forma constante. Se durante os primeiros dois ou três quartos o jogo for equilibrado, então pode apostar com segurança no favorito. Afinal, a vitória é benéfica para ambas as equipas. 

Calendário

Cargas desumanas com  jogos todos os dias. Este fator está a tornar-se cada vez menos importante nos desportos modernos devido ao crescimento das tecnologias de recuperação dos atletas. Contudo, ainda pode e deve ser tido em conta. Afinal,  num campeonato em que a diferença média entre as equipas é de 0,1 pontos por 100 passes, é impossível ignorar um aspeto tão importante como o calendário.

É preciso preparar tais partidas com antecedência. A qualquer momento do jogo, uma equipa “sobrecarregada” pode afetar diretamente o resultado do encontro e, claro, a aposta realizada.

Costumam dizer que na Liga Principal de basebol uma equipa pode ser obrigada a realizar 13 partidas em apenas 10 dias. E ainda que às vezes os jogadores não têm mais do que 5 dias de folga por mês.

O calendário dos jogos é conhecido no início da temporada. Não é difícil saber quando uma das equipas chegará a um dos jogos em pior forma. As equipas que jogam a um ritmo elevado e que recebem “totais” elevados de casas de apostas, são os que passam as maiores dificuldades. Quanto maior o “total”, maior a probabilidade de sucesso de uma aposta no adversário da equipa cansada. Quando a equipa da casa joga a sua 4ª partida em 5 dias, e/ou a sua 5ª partida em 7 dias,  e/ou a sua 7ª partida em 11 dias, ou então é a 2ª partida da equipa em dois dias ou, por fim, o “ total” do jogo é maior do que 195 pontos, então fique à vontade para assistir ao jogo e apostar na altura certa no seu oponente. Em algum momento, o cansaço da equipa será sentido. 

Arbitragem

Não é difícil acreditar no facto de que há árbitros que usam a sua posição oficial para beneficiar e/ou prejudicar alguém. Contudo, mesmo que vejamos um exemplo de arbitragem apenas numa só direção, não podemos confiar em algo tão subjetivo como os nossos olhos nem ter a certeza de que a mesma equipa irá trabalhar sempre da mesma forma. Mas podemos ter a certeza de que alguns árbitros, sob determinadas condições, podem trazer-nos um bom ganho.

Uma das observações mais famosas nas apostas da NBA é apostar na equipa visitante, quando o árbitro da partida é Joey Crawford. Esse padrão existe e funciona muito bem em apostas ao vivo na NBA. Nos últimos 5 anos, Joey Crawford tem sido um dos árbitros que mais “lucro” deu aos visitantes. Ele “adora” ajudar as equipas visitantes no segundo tempo para compensar a diferença de pontos entre as equipas no primeiro tempo. Nas últimas 3 temporadas, podemos mencionar outros árbitros que se destacaram ainda mais nessa tendência, como é exemplo de Brian Forte, Tony Brothers, Monty McCutchen e Tony Brown.

“E onde está agora o árbitro que, durante dois anos, apostava constantemente nos jogos  que arbitrava ? Aquele que ajustava o resultado da partida conforme a aposta dele? Ele ainda está na prisão?

Diversos artigos foram escritos sobre o motivo pelo qual esses padrões aparecem de ano para ano. Tudo depende da psicologia humana. E o mesmo fenómeno acontece com os jogadores. Alguns realmente gostam de jogar fora, onde 15-20 mil pessoas torcem contra a sua equipa. Outros ,  pelo contrário, odeiam o sentimento de jogar fora de casa. Se pesquisarmos um pouco mais sobre os 5 árbitros citados anteriormente, observaremos um facto interessante: estes costumam dar maior percentagem de vitórias nos estádios dos fãs mais sérios, como é o caso dos “Knicks”, “Boston”, “Lakers” e alguns outros. Esta é uma tendência curiosa, conhecida há bastante tempo. Contudo, como a tendência não é muito popular, faz com que não atraia a atenção das casas de apostas. E isso deve ser usado a favor dos apostadores

Nas apostas ao vivo na NBA, é importante reter o seguinte: não pode ter medo de apostar nas equipas mais fracas e  de coeficientes altos, não pode subestimar o calendário dos jogos, não pode ignorar os árbitros e as suas estatísticas e, por último, não deve esquecer os objetivos das equipas para a temporada. Os “Philadelphia” podem vencer os  “Golden State” no segundo tempo com um coeficiente de 10,  especialmente se o Joey Crawford for o árbitro da partida.

Encontrou um erro?Comunicar
Ainda tem perguntas? Pergunte a nossos especialistas!
Comentários